Em quase dois meses, plataforma já arrecadou R$ 1,3 milhão para pré-candidatos

18/07/2022

Em quase dois meses, uma das plataformas credenciadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para o financiamento coletivo de campanhas já arrecadou R$ 1,3 milhão.

A modalidade de doação foi adotada pela primeira vez em 2018 e, para 2022, já está liberada desde 15 de maio. O pagamento, no entanto, só ocorre se o pré-candidato, posteriormente, tiver seu registro validado na Justiça Eleitoral.

Até o momento, 15 empresas já estão habilitadas para o crowdfunding, como é chamado em inglês. Outras duas estão em análise e 17 tiveram os cadastros considerados incompletos.

A Democratize, um dos maiores sites de vaquinha virtual, já contabiliza R$ 1,3 milhão em mais de sete mil doações para cerca de 730 candidatos cadastrados.

De acordo com a plataforma, o valor arrecadado representa três vezes mais do que o registrado no mesmo período de 2018. Para Bernardo Cubric, CEO da empresa, a diferença deve aumentar com a oficialização das candidaturas.

O campeão de arrecadação é o pré-candidato a deputado federal do Mato Grosso do Sul, Chiquinho Assis (Republicanos), com mais de R$ 280 mil, seguido por Marivaldo Pereira (PT), pré-candidato a deputado distrital, com aproximadamente R$ 60 mil. Perito Marcos Camargo (PSB), pré-candidato a deputado federal pelo Paraná, soma quase R$ 40 mil.

fonte

Outras Publicações

Essent Jus | 25.188.538/0001-00 | Todos os direitos reservados. Orgulhosamente criado por Captee.me.
Termos e Privacidade
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram